16 de mai de 2010


UM DIA TRISTE PARA A MÚSICA MUNDIAL.


RONNIE JAMES DIO PERDEU SUA BATALHA FINAL COM O DRAGÃO NO DIA 16 DE MAIO DE 2010.

MAS SUA MÚSICA SEMPRE VIVERÁ!

Vamos sempre mostrar sua arte para as novas geracões.
Fazendo isso, vamos sempre eternizar o nosso mestre.
Dio, vá em paz e esteja certo que que sempre estará em nossos coracões.
Sua passagem neste mundo foi digna e grandiosa.

15 de mai de 2010

Beth Hart - Beth Hart & The Ocean Of Souls (1993)

"Beth Hart & The Ocean of Souls" é um projeto inicial de Beth Hart. O álbum foi gravado em 1993 Mad Hatter Chick Corea's Studios, em Los Angeles com o produtor Geoffrey Leigh Tozer. O álbum estava indisponível por um longo tempo e re-lançado em 2009.

01. Halfway to Heaven
02. Just Call Me Up
03. Can’t Hear The Word
04. Get Over It
05. Love Suffers All
06. I Felt Him Cry
07. Lucy In The Sky With Diamonds
08. Am I the One
09. It’s Too Late
10. Show Me The Way
11. Love Thing
12. On With The Show
13. Keep On Goin'

http://rapidshare.com/files/376697440/BH-BHTOOS.rar


do blog Luiz woodstock

2 de mai de 2010

The Rolling Stones - LiveR Than You’ll Ever Be (1969)

Embora gravado da platéia, a qualidade de som deste álbum leva a especulações sobre ele ter sido tirado da mesa de som. “LiveR Than You’ll Ever Be” também seria o primeiro pirata a ter uma prensagem em larga escala e distribuição costa a costa. O sucesso e notoriedade deste pirata obriga a Decca a apressar o lançamento do já previsto álbum ao vivo “Get Your Ya-Ya’s Out”.

Embora este seja também um disco histórico, o primeiro ao vivo de rock com qualidade auditiva lançado em verdadeiro estéreo, em comparação ao pirata o disco com suas mixagens e tratamento perde em autenticidade e apelo.


LiveR Than You’ll Ever Be


01 Jumpin' Jack Flash
02 Carol
03 Sympathy For the Devil
04 Stray Cat Blues
05 Prodigal Son
06 You Gotta Move
07 Love In Vain
08 I'm Free
09 Under My Thumb
10 Midnight Rambler
11 Live With Me
12 Gimme Shelter
13 Little Queenie
14 (I Can't Get No) Satisfaction
15 Honky Tonk Women
16 Street Fighting Man


http://www.(megaupload).com/?d=97ABMEDT

27 de abr de 2010

Bon Scott Last Oui Oui - 9/12/1979



Pirata do último show do Bon com o AC/DC.

O mais raro pirata do AC/DC


A música é "Girls got Rhythm" do AC/DC, no show em Paris. Simples, direto e totalmente rock'n'roll.



http://rapidshare.com/files/371307370/1979-12-09_Paris__France__Bon_Scotts_Last_Oui_Oui_.rar.html

15 de abr de 2010

Trespass - In Haze of Time (2002)

De fato, a música é uma linguagem universal e mesmo de países com pouca tradição na música Progressiva é possível ouvir excelentes trabalhos dentro deste gênero. De Israel chegam os Trespass, um trio que com este "In Haze of Time" fizeram a sua estréia em 2002. Gil Stein nas teclas, voz e um pouco de guitarra, Gabriel Weissman na bateria e Roy Bar-tour no baixo fazem-nos regressar no tempo até à incontornável década de 70, já que a música e o ambiente apresentados neste trabalho são bastante revivalistas.

O fato de serem um trio e a guitarra ter pouca predominância leva-nos à inevitável comparação com os Emerson, Lake & Palmer, porém as semelhanças são até algo escassas. Um dos pontos de originalidade desta banda prende-se com uma ligação ao Jazz bastante exposta. Depois segue-se uma dinâmica explosiva proveniente do típico Rock 'n' Roll. Tudo isto, misturado com uma composição extremamente melodiosa e direta e uma performance técnica invejável, resulta num trabalho bastante original.


Curiosamente, Creatures of the Night, o tema de abertura, faz lembrar algum Progressivo brasileiro com uma injeção extra de alegria na seção rítmica e um refrão curto e directo. In Haze of Time acalma um pouco e vai em busca de uma composição mais clássica e elaborada. Um toque de romantismo clássico é dado por uns rasgos de guitarra eléctrica. Aqui, Stein afirma-se, de uma vez por todas, como um grande tecladista! Os dois temas seguintes, Gate 15 e City Lights, juntos perfazem mais de 12 minutos absolutamente extasiantes. Esta reação não é muito comum no Rock Progressivo e, talvez por isso, sabe tão bem! Orphues Suite retoma a composição clássica de In Haze of Time e aqui Stein revela uma aproximação bastante saudável ao estilo de Rick Wakeman.

Troya faz uma viagem em ritmo bastante acelerado por diversos estilos clássicos, acabando por não se centrar em estilo algum, o que leva o tema a perder algum sentido e ficar um pouco mais vazio em conteúdo. Novamente, Wakeman, principalmente no seu período à volta de "Journey to the Centre of the Earth", acaba por ser um bom ponto de referência. Por fim, The Mad House Blues termina o álbum em jeito de brincadeira e, usando as palavras da própria banda, é o Are You Ready, Eddy? dos Trespass...desde essa estréia, a banda mostrou argumentos absolutamente inquestionáveis para mostrar que são musicos que surgiram pra ficar por muito e muito tempo.

Trespass - In Haze of Time (2002)

1. Creatures of the Night 8"29
2. In Haze of Time 6:53
3. Gate 15 7'19"
4. City Lights 5'19"
5. Orphues Suite 5'12"
6. Troya 5'24"
7. The Mad House Blues 5:18


Musicos:

Gil Stein, teclados, vocal, guitarras, recorders.
Gabriel Weissman, bateria.
Roy Bar-Tour, baixo.

http://www.4shared.com/file/36913050/c908937f/Trespass_-_In_Haze_of_Time__2002_by_MR.ht%20ml


Créditos a minha amiga Laís Fioravante

1 de fev de 2010

Garybaldi - Nuda (1972)



Como seria a música de Jimi Hendrix se ele fosse italiano? A pesada influência da Band of Gypsies na música 'power blues' de Garybaldi parece ser exatamente isso e esse bom guitarrista conhecido como "Bambi" Fossati dá uma bela resposta. Banda originária do Gleemen, mantiveram a formação e mudaram o nome para Garybaldi em 1971.
Um wha-wha introduz a linha de Maja Desnuda (também o nome de uma obra de Goya) e vai na linha de Hendrix como em Manic Depression. A presença de um solo de hammond enriquece bastante e os solos e riffs de Fossati são incríveis.
Em Decomposizione, Preludio E Pace a guitarra é altamente torturada, psicodelismo puro.
Alguns momentos são de grande paz como na faixa Febbraio 1700, onde as mãos de Bambi deslizam suavemente pelo braço da guitarra, acariciando o instrumento. L' Ultima Graziosa é a mais criativa faixa do álbum, uma mistura de Hendrix ou mesmo Rory Gallagher.
Moretto da Brescia: Goffredo e Dolce Come Sei Tu têm um distinto toque italiano que a aproxima um pouco do progressivo pscodélico.
Esta disco pode padecer de criatividade, não é exatamente progressivo (se em algum momento pode ser considerado) mas a música que fazem é tocante, de muita competência e é difícil ficar parado.
O segundo disco Astrolabio é considerado melhor e mais progressivo, mas este é sem dúvida exemplo de um bom disco de rock.

1.Maya Desnuda
2.Decomposizione, Preludio e Pace
3.Febbraio 1700
4.L' Ultima Graziosa
5.Moretto da Brescia: Goffredo
6.Il Giardino Del Re
7.Dolce Come Sei Tu

http://rapidshare.com/files/146621151/GARYBALDI_-_NUDA.rar

29 de jan de 2010

Sonny Boy Williamson - Down and Out Blues (1959)



Bom, depois do otimo album postado pelo Herman, me veio uma idéia de continuar na linha bluseira aqui no blog com mais uma postagem de um artista de grande importância no universo desse estilo musical.
Tambem conhecido como Aleck "Rice" Miller foi um famoso gaitista que com sua técnica peculiar influenciou gerações de gaitistas, como Howlin' Wolf, James Cotton e Junior Wells. Nasceu em Glendora, no estado do Mississipi, um pequeno vilarejo no condado de Tallahatchie. Tinha um programa na rádio KFFA de Helena, no Arkansas, que ia ao ar das 12:15 às 12h30 e foi exatamente nesse programa de Sonny Boy que B.B. King teve a primeira oportunidade de mostrar seu talento como bluesman. Em 1962, Sonny Boy foi convidado a participar de uma turnê pela Europa chamada "American Negroes Blues Festival", permanecendo em Londres, devido ao seu grande sucesso. No ano seguinte, uma nova versão do festival aconteceu , desta vez com o nome de "American Folk Blues Festival", organizado por Willie Dixon. Seu sucesso era tanto que muitos grupos imploravam para tocar ao seu lado, entre eles The Yardbirds de Eric Clapton e The Trinitys de Jimmy Page, Ciryl Davies, Chris Barber e Roland Kirk. No dia 25 de maio de 1965, Sonny Boy Williamson foi encontrado morto em seu apartamento. Morria um mito, nascia uma lenda. A lenda de Sonny Boy Williamson. O rei da Harmônica.
Sobre o album aqui postado, Williamson conseguiu reunir nos 34 minutos deste disco um repertório irrepreensível dentro do gênero, com pelo menos duas canções antológicas: “Don't Start Me to Talkin’” e “Your Funeral and My Trial”. Reza a lenda que a figura estampada na capa era um bluesman que caiu em desgraça com sua gravadora e acabou virando um mendigo.

1.Dont Start Me to Talkin
2.I Dont Know
3.All My Love in Vain
4.The Key (To Your Door)
5.Keep It to Yourself
6.Dissatisfied
7.Fattening Frogs For Snakes
8.Wake Up Baby
9.Your Funeral_and My Trial
10.Ninety Nine
11.Cross My Heart
12.Let Me Explain

http://rapidshare.com/files/131561066/SBWRFB.rar.html

http://www.mediafire.com/?jvz1hzzzyzn

link do rock na vitrola

17 de jan de 2010

Muddy Waters - The London Muddy Waters Sessions (1971)


Este é mais um volume da magnífica série "The London Sessions", lançada no início da década de 1970 e que partia de uma premissa muito interessante: reunir em um mesmo estúdio os mestres e pioneiros do blues norte-americano aos seus jovens discípulos britânicos. O álbum dedicado a Muddy Waters, como é de praxe em todos os discos da coleção, conta com uma banda de apoio espetacular, com a participação de músicos como Rory Gallagher, Rick Grech, Steve WInwood e Mitch Mitchell. O resultado? Você já deve imaginar, mas mesmo assim eu conto: um disco excelente!

O repertório da bolacha conta com maravilhas como "Blind Man Blues", a mais do que clássica "Key to the Highway", "Young Fashioned Ways", "Walkin´ Blues" e os boogies apimentados por vigorosos metais de "I´m Ready" e "I Don´t Know Why". Como ocorre no álbum dedicado a Howlin´ Wolf, a banda fica em segundo plano, segurando as pontas para que Muddy Waters voe alto, prendendo o ouvinte a cada faixa.

Ótimo play, com um line-up só de feras. Recomendadíssimo.


Faixas:

1. Blind Man Blues
2. Key To The Highway
3. Young Fashioned Ways
4. I'm Gonna Move To The Outskirts Of Town
5. Who's Gonna Be Your Sweet Man When I'm Gone
6. Walkin' Blues
7. I'm Ready
8. Sad Sad Day
9. I Don't Know Why

http://rapidshare.com/files/176655896/1971_Muddy_Waters_-_The_London_Muddy_Waters_Sessions.rar
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...