17 de abr de 2009

Jefferson Airplane - Surrealistic Pillow (1967)



Jefferson Airplane foi a primeira banda de rock psicodélico surgida em San Francisco, estreando com o disco “Takes Off” de 1966, com a vocalista Signe Anderson. Apesar da razoável repercussão desse disco, o grupo não chegou a chamar tanto a atenção da mídia e do público já que se assemelhava mais com as diversas bandas que tocavam folk e pop, tentando imitar Byrds e Hollies, não acrescentando nada de novo no cenário do rock. Porem, após a saída de Signe, entra na banda a cantora do grupo “The Great Society”, a bela Grace Slick, e ai as coisas começaram a fazer diferença.
Com algumas canções prontas, entraram em estúdio para gravar seu segundo álbum, o hoje clássico , “Surrealistic Pillow” no inicio de 67, onde acabaram incluindo uma canção de Grace que chegou a ser gravada em 66, para um compacto da sua ex-banda “The Great Sociey”, a musica era “Somebody to Love”. Enfim, isso era tudo o que o grupo liderado por Marty Balin queria. A moça caiu como uma luva e ainda de quebra trouxe o primeiro maior hit do grupo.
Não dá para negar que o trabalho em equipe era bem consistente e integrado. O álbum apresenta ótimos elementos criativos, e um equilíbrio entre o lado feliz e o estilo que eles estavam criando naquele momento, ao lado de The Doors, que eram as letras “Dark”, sombria ou meio suspense. Um estilo muito fundido por bandas americanas. O vocal de Grace para a época, era sem duvida original e vigoroso e foi o que chamou muita atenção, já que ela já cantava como se já fizesse isso há muitos anos e mal estreava em estúdio. As guitarras não são o ponto forte, mas fazem com que as notas caiam na hora certa sem comprometer a canção. A cozinha faz um serviço ora complexo e ora simples mais carregado de “feeling”. Enfim, “Surrealistic Pillow” foi o maximo em que o grupo chegou, infelizmente nunca mais conseguiram supera-lo em termos de conteúdo, já que logo depois começaram a pegar pesado nos excessos, tanto em experimentações musicais como químicas. Mesmo emplacando outros hits como “Volunteers” em 69, e obtendo alguns bons momentos, o grupo ficou amarrado para sempre em “Surrealistic Pillow.

1.She Has Funny Cars - 3:13
2.Somebody to Love - 3:01
3.My Best Friend - 3:04
4.Today - 3:02
5.Comin' Back to Me - 5:24
6.3/5 of a Mile in 10 Seconds - 3:45
7.D.C.B.A. -25 - 2:39
8.How Do You Feel - 3:34
9.Embryonic Journey - 1:55
10.White Rabbit - 2:33
11.Plastic Fantastic Lover - 2:40

http://www.4shared.com/file/79509662/5fbbaa9e/Surrealistic_Pillow.html

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...