4 de mai de 2009

Rory Gallagher: Calling Card - 1976


Este Irlandês ‘puro sangue’ e cachaceiro inveterado - Scoth e Jack Daniels até a medula - sempre foi reverenciado entre os artistas, pelo seu jeito simples e personalidade generosa que cativava a todos.

Seu Power/Rock/Blues eletrizante pega no ato quem o ouve pela primeira vez, tamanha a energia e o desempenho que ele imprimia em seus discos, executando riffs incendiários em sua Fender Strato, que o acompanhou desde os 15 anos de idade.

Sua verdadeira paixão pelo Power Blues o credenciava cada vez mais entre os grandes guitarristas, tanto que feras como Pete Townshend e Eric Clapton, entre outros, chegaram a declarar de maneira até surpreendente que o respeitavam de uma forma diferenciada em relação aos outros, pois, sua pegada e seus riffs demolidores, o transformavam num ‘performer’ único e absoluto.
Glover também produziu, “Calling Card”, oitavo álbum da carreira de Rory, gravado em Munich em 1976 com, Gary McVoy (baixo), Lou Martin (teclados) e Rod de’Ath (batera).

Debulhando solos ensandecidos por todo o disco, destaco duas composições deste álbum que são arrebetadoras: “Moonchild” e “Jack-Knife Beat”, clássicos que, conseqüentemente, alçaram Rory ao patamar dos imortais, confirmando mais uma vez sua condição de ‘Guitar-Hero’ entre os maiores ‘heroes’ da época.

Faixas:
1- Do You Read Me
2- Country Mile
3- Moonchild
4- Calling Card
5- I'll Admit You're Gone
6- Secret Agent
7- Jacknife Beat
8- Edged In Blue
9- Barley And Grape Rag
10- Rue The Day (Bonus Track)
11- Public Enemy No. 1 (B-Girl Version)(Bonus Track)


http://sharebee.com/7b8904f5

Um comentário:

João Marcos Durski disse...

Parabéns! Conheça a Rádio Rory Gallagher do Brasil:
http://blogdojuma.blogspot.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...