26 de set de 2011

The Foundation - Departure (1985)



Essa banda sueca lançou esse seu único álbum na metade dos anos 80. Com uma influência bastante forte em Camel, faziam um som muito rico, orientado muitas vezes por teclado soando de forma bastante sinfônica e melosa. Mas um fator bastante curioso é que apesar de se tratar de uma banda 80’s, não usavam em nenhum momento seqüenciadores ou computadores. Outras influências que os mesmos alegam ter alem do Camel, fica por conta de Klaus Schulze, Mike Oldfield, Vangelis, Igor Stravinsky, Genesis e ELP entre outras várias. Interessante também é perceber quando se ouve o álbum que cada músico parece ter estilos e ideais bem diferentes um do outro, por exemplo, enquanto o baterista parece gostar de canções mais animadas, o tecladista preferia viagens mais longas e de certa forma introspectivas, o baixista era um fã de Rhythm'n Blues e por fim, o guitarrista/vocalista, bebia e muito na fonte de Steve Morse, mas no resultado final, tudo se encaixava. Enfim, Departure é um trabalho de progressivo bastante suave e melodioso desprovido da complexidade do gênero, mas por outro lado de uma boa originalidade e acima de tudo, beleza.
Album recomensadissimo.

Musicos:

Johan Belin - Teclado
Jerker Hardänge - Guitarra, Vocal(2)
Roger Hedin - Baixo
Jan Ronnerström - Bateria, Percussão, Vocal(1-5)

Faixas:

1.Walking Down the Avenue (5:43)
2.Crossing Lines (12:20)
3.Migration Time (1:12)
4.D-Day Dawn (8:18)
a)Forces on the Way
b)The Last of All Battles
5.Final Thoughts, Departure (12:40)

Bônus:

6.Red Roses (and my very best wishes) (5:44)
7.Don't Wake Me Up (15:46)

http://www.megaupload.com/?d=RUY9FHAV

2 comentários:

Herman disse...

Vou baixar e ouvir,a resenha me deixou curioso quanto a sonoridade da banda.
Valeu Laís!

79deadman disse...

Nice!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...