12 de ago de 2009

Machine



Hey Edson,conforme prometido tá aquí...galera,quem ainda não conhece o que eu acho difícil o blog do parceiro é o Graveto & Bertolas...mais conhecido como...http://gravetos-berlotas.blogspot.com/

Tá aqui uma pérola do rock,confiram...texto,arte,e mp3...tudo roubado descaradamente do Graveto & Bertolas...

Não adianta, sou um incorrigível admirador do dutch rock (ou, como prefiro chamar, hash rock). E uma das características mais interessantes -talvez mesmo a reboque da excelente qualidade de seus músicos, técnicos e estúdios- da música produzida neste belíssimo, florido (em todos os sentidos, se é que vocês me entendem 1) e 'enfumaçado' (se é que vocês me entendem 2) país é a dimensão de sua variedade. De Golden Earring (talvez a banda mais antiga em atividade de todo o mundo) e Shocking Blue a Focus, Kayak e muitos mais, tem sementes de todos os teores; mas a qualidade é sempre do veneno. E de lá continuamente somos abastecidos das mais surpreendentes velhas novidades, uma destas já com 40 anos de existência e apenas um único e belíssimo exemplar de hard prog: Machine.
Formada em 69 por John Caljouw (vocais), Paul Vink (teclados), Hans Sel (guitarras), François Content (trumpete), Maarten Beckers (saxes/flauta/clarinete), Wim Warby (sax tenor), Jan Warby (baixo) e Jan Bliek (bateria/percussão), todos experimentadíssimos músicos da cena de The Haghe, mesclava em sua fórmula muito bem dosadas porções de hard, blues, jazz, soul, folk, psych e o que mais aparecesse pela frente. Agregue a isso arranjos concisos e muito bem executados -apesar do extenso número de integrantes, me parece que a grande maioria registrados no bom e velho esquema do "1...2...3...vai, caralho!"- para composições -TODAS!- excelentes e temos uma pequena jóia. Destacar quaisquer dos integrantes seria uma tremenda injustiça pois são todos impecáveis, assim como também me é muito difícil escolher uma música predileta desde que descobri, há pouco mais de 1 ano, um link para esse excelente vynil rip lá no Cordas, Bandas & Metais, do parceiro Nino -que já vinha de carona no uploader original, Venenos do Rock, do mestre L. C. Menegon- e decidi fazer uma remasterização apenas para eliminar os estalos e chiados do sulco e aplicar um upgrade no peso.
Para ser degustado totalmente enfumaçado em seu bong predileto. Afinal, o que está sendo servido é um autêntico produto made in Netherlands o que, por si só, é garantia de procedência.

http://rs357.rapidshare.com/files/262877723/Machine__1970_.r

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...