23 de ago de 2009

Writing on the Wall - Power Of The Picts(1969)

O Writing on the Wall iniciou sua carreira na Escócia em 1966 sendo basicamente uma banda underground local até a gravação desta obra prima em 1969. A banda acabou em 1973, porém jamais gravou outro álbum, fazendo desta estréia seu cálice sagrado, o que já foi suficiente para ser um dos grandes do gênero.
O disco em questão é o excelente "The Power Of Picts", lançado pela Middle Earth na época e relançado pela Repeirtore, em 2000, num trabalho bem caprichado que além do acabamento do CD em formato digipack ainda conta com duas faixas bônus: os singles "Child Of A Crossing" e "Lucifers Corpus".
A banda era formada por William Finlayspon no vocal e guitarra, Jake Scott baixo e vocal, William Scott nos teclados, Linnie Petterson nos vocais e James Hush na bateria e sua paixão pelo barulho fez o semanário New Music Express (a popular NME), na época, definir o quinteto como um grupo cuja "reputação de ser violento amedrontava extremos".

A banda, que desde o começo foi divulgada pelo mestre John Peel, misturava influências de nomes como Cream, Pink Floyd e o Jimi Hendrix Experience com estilos indianos, blues rock, jazz, progressivo e psicodelismo. É algo otimo de se ouvir, que se transforma num dos discos mais incríveis já lançados.
Uma das características que marcam "The Power Of Picts" é a agressividade empregada pelos teclados, insanos, no melhor estilo Vicente Craine, do Atomic Rooster, fazendo com que não existam espaços vazios nas músicas. Solos de guitarra, bateria pesada, baixo pulsante e este bem dito Hammond fazem o deleite dos fãs de uma música que é uma grande mistura de blues, hard rock, progressivo e muito psicodelismo.


Power Of The Picts(1969)


Faixas:
1. It Came on a Sunday (4:18)
2. Mrs. Cooper's Pie (3:21)
3. Ladybird (3:47)
4. Aries (8:09)
5. Bogeyman (3:44)
6. Shadow of a Man (3:52)
7. Tasker's Successor (3:43)
8. Hill of Dreams (3:06)
9. Virginia Waters (5:57)
10. Child on a Crossing (3:32)
11. Lucier Corpus (5:47)

Formação:
-Willy Finlayson / guitar, vocals
- Alby Greenhalg / wind instruments
- Jimmy Hush / drums
- Billy T. Scott / keyboards
- Jake Scott / bass, vocals
- Linnie Patterson / vocals

http://www.badongo.com/file/2524921

por Wagner Xavier

Um comentário:

lenise disse...

tô muito APAIXONADA por esse disco! *-* omg, esse é o tipo de som que faz a gente querer viver!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...